Por que é importante aliar uma alimentação equilibrada ao esporte?

O resultado de sua performance no esporte é uma mistura de bastante tempo de treino aliada a uma alimentação equilibrada. Mas por que alimentar-se bem é tão importante para alcançar os resultados desejados ao praticar algum tipo de exercício?

Controle do peso corporal

Praticar qualquer tipo de esporte é também saber que nosso peso total está sofrendo alterações. Isto acontece porque a variação de nosso peso nada mais é do que um deficit calórico: a produção de um gasto calórico diário maior do que nossa ingestão de calorias diária. Trocando em miúdos, se gastamos muita energia, e ingerimos menor quantidade de calorias, vamos reduzir o peso; se gastamos pouca energia e ingerimos maior quantidade de calorias, vamos aumentar o peso; e se gastamos a mesma quantidade de calorias que ingerimos, vamos manter nosso peso. Por este motivo, exercitar-se não é suficiente para um praticante de atividade física manter seu peso ideal: ingerir a quantidade certa de calorias também é necessário.

Aumento da massa muscular

Ainda falando sobre a relação do peso com a prática de esporte e a alimentação, é através destes dois alicerces que ocorre o tão desejado ganho de massa muscular nestes praticantes. A massa muscular é responsável por melhorar o desempenho durante um exercício ou esporte e é muito valorizada, não só no ponto de vista estético, como também de saúde. A ingestão das quantidades adequadas de carboidratos e proteínas serão responsáveis por permitir que o nosso organismo utilize as reservas calóricas corretas durante a prática da atividade física, queimando glicogênio (que é a nossa energia muscular) e gordura para produzir energia, preservando a musculatura esquelética. Desta maneira, tanto os exercícios para hipertrofia muscular, quanto os exercícios aeróbicos trarão mais resultados satisfatórios.

Redução da gordura corporal

O esporte e a alimentação correta também tem influência direta no controle do nosso percentual de gordura corporal. Uma alimentação equilibrada associada aos exercícios certos, e na hora certa, pode trazer resultados satisfatórios na redução do estoque de gordura no organismo. A queima dessas reservas indesejadas é um resultado da ingestão adequada de carboidratos antes do treino, para que o organismo tenha energia suficiente para queimar gorduras em vez de proteínas, na hora do exercício físico, reduzindo o percentual de gordura corporal total.

A importância de saber suplementar

Falar de alimentação e esporte é também esbarrar um pouco no tópico da suplementação. Os suplementos alimentares são grandes aliados do atleta, ou do praticante de esportes de maneira intensa, porque suprem necessidades energéticas, proteicas e de micronutrientes em momentos que o indivíduo não consegue optar por uma refeição. Vale a pena lembrar que, de acordo com a nomenclatura destes produtos, o suplemento alimentar deve ser utilizado somente como um complemento para a alimentação de praticantes de atividades físicas e atletas, vindo associado a uma alimentação completa e equilibrada, que abranja todos os grupos alimentares. Eles nunca devem substituir uma refeição ou um prato de comida.

Melhora da performance no treino

O esporte e a atividade física extrema são frequentemente associados a quadros de hipoglicemia, dores de cabeça, cansaço muscular ou, em casos mais graves, náuseas e exaustão. Estes sintomas só são possíveis de ser evitados quando o indivíduo conta com uma alimentação equilibrada. O resultado da performance de um treino, uma corrida ou uma partida, é aliada a qualidade da sua alimentação pré, durante e pós esta atividade. Por este motivo, antes de praticar qualquer esporte é importante verificar e valorizar a ingestão de carboidratos, para recompor os estoques de glicogênio muscular. Esta reposição também pode ser necessária durante a prática, quando o tempo de exercício ultrapassar duas horas, ingerindo alguma suplementação de carboidrato. Após a atividade física a alimentação deve ser focada em repor as perdas proteicas, de vitaminas e minerais, para uma boa recuperação.

Gostaríamos de ouvir a sua opinião leitor! Quando você pratica algum esporte ou atividade física, você costuma ingerir algum tipo de alimento ou suplemento específico? E depois da prática? Como você avalia a relação da sua alimentação e da sua performance no exercício? Conte para nós no espaço abaixo!