Falta de Vitamina D: você está engordando por isso?

É comum imaginar que o excesso de vitaminas faz engordar, mas que a falta de alguma delas possa contribuir para o aumento de peso é algo impensável para a maioria de nós. Será possível engordar por falta de Vitamina D? Continue lendo e tire esta e outras dúvidas a respeito desse nutriente tão importante para nossa saúde.

O que é Vitamina D?

As vitaminas são compostos orgânicos que participam de vários processos dentro do nosso organismo e ainda protegem o corpo contra várias doenças. A Vitamina D, especificamente, atua em vários destes processos, sendo o auxílio à fixação de cálcio nos ossos sua ação mais conhecida.

A falta de Vitamina D engorda?

Como a função das vitaminas é “ajudar” os processos bioquímicos que acontecem no corpo, não se pode dizer que elas, sozinhas, são capazes de nos fazer engordar ou emagrecer. No entanto, a ação da Vitamina D em alguns processos orgânicos pode propiciar, sim, que a gente emagreça ou engorde.

A falta de Vitamina D facilita o ganho de peso ao alterar a produção de insulina, o hormônio que reduz a taxa de açúcar (glicose) no sangue. Como o organismo passa a ficar resistente à ação desse hormônio, ocorre um aumento na sua produção. Assim, por metabolizar mais glicose, o excesso de insulina colabora para o aumento da fome. 

Uma pesquisa publicada no The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism mostrou que meninas adolescentes com baixos níveis de Vitamina D ganharam peso e cresceram menos.

Se vimos que a falta desse nutriente nos faz engordar, é natural acreditar que sua suplementação nos faça emagrecer, mas não é bem assim. Como qualquer outra vitamina, ela apenas interfere em processos químicos do nosso corpo indiretamente relacionados ao emagrecimento.

Como a Vitamina D contribui para emagrecer?

Aumenta a sensação de saciedade

A Vitamina D colabora para a produção da leptina, um hormônio que informa ao cérebro que estamos saciados, ou seja, que a fome já passou. 

Diminui o cortisol

Conhecido como hormônio do estresse, o cortisol facilita a formação da gordura localizada. A Vitamina D é capaz de bloquear a enzima que forma o cortisol, além de melhorar o desempenho em atividades físicas.

Auxilia no metabolismo

A Vitamina D regula a produção do hormônio PTH, que auxilia o fígado na quebra da gordura, acelerando o processo metabólico. Além disso, inibe o crescimento das células de gordura, por ativar os receptores dessas células.

Onde posso encontrar a Vitamina D?

A maior fonte dessa vitamina é o sol. O ideal é expor-se aos raios UVB por pelo menos 10 minutos diários e sempre antes das 10 horas da manhã, uma vez que é fundamental não usar protetor solar para estimular a produção da Vitamina D.  

Os alimentos que contêm Vitamina D são: óleo de fígado de peixe, salmão, bacalhau, sardinha, atum, ovos e, em menor quantidade, leite e derivados. As fontes vegetais (em baixas quantidades) são o abacate, o shitake seco e as folhas verdes escuras.

Mas é importante ressaltar que nenhum alimento supre eficientemente a necessidade da vitamina. Assim, médicos e nutricionistas costumam indicar o uso de suplementos de Vitamina D associado à exposição solar.

Outros benefícios da Vitamina D

Sua maior importância é mesmo na absorção do fósforo e do cálcio, que atuam na formação dos ossos. Por isso, o nutriente evita, indiretamente, o risco de osteoporose. Além disso, a Vitamina D regula a pressão arterial, mantém o sistema nervoso saudável, atua na secreção de insulina e fortalece o sistema imunológico.

A Vitamina D também inibe a proliferação das células cancerígenas, prevenindo o câncer. Além disso, ela auxilia no tratamento da depressão, por moderar a formação do hormônio PTH, que interfere no humor e na apatia.

Agora que você já entendeu porque a falta de vitamina D pode fazer você engordar, compartilhe conosco suas experiências com a suplementação dessa ou de outras vitaminas!