Descubra 9 lendas sobre suplementos alimentares

Os suplementos alimentares estão cada vez mais se tornando populares entre os adeptos de um estilo de vida saudável. Tratam-se de substâncias utilizadas para complementar a dieta balanceada para uma pessoa que pratica atividades físicas regulares e seu consumo gera bastante polêmica.

É comum em rodas de amigos de academia a troca de informações sobre esses produtos que servem para turbinar os treinos e contribuir com o ganho de massa muscular, mas eles são bons mesmo? Eles engordam? Têm contraindicação?

Para sanar estas e outras dúvidas, veja a lista com os principais mitos sobre a suplementação alimentar.

Suplemento alimentar é a mesma coisa que anabolizante

Os suplementos são compostos orgânicos, ou seja, são produzidos através de substâncias presentes nos alimentos e no corpo humano. Já os anabolizantes são hormônios sintéticos, que imitam a testosterona, o hormônio responsável pelas características do sexo masculino. Isso significa que são substâncias de naturezas completamente distintas que possuem efeitos diferentes no organismo humano.

Suplemento alimentar engorda

Se for utilizado o tipo adequado para o seu objetivo e na dose certa, prescrita por um especialista, os suplementos não engordam muito pelo contrário, há alguns que auxiliam na perda de peso. No entanto, estamos falando de um alimento e, como qualquer outro, se consumido em excesso gerará o ganho de peso.

O importante é saber a quantidade ideal para o consumo diário de acordo com o efeito que você espera do produto.

Suplementos podem substituir refeições

Esse é um dos erros mais comuns. O corpo saudável depende de uma boa alimentação antes e após a atividade física e também no período de descanso muscular. Isso significa ingerir proteínas, carboidratos, vitaminas e sais minerais in natura, que só são encontrados em frutas, verduras, legumes, cereais, leite e carnes em geral.

Embora tragam uma boa dose de nutrientes, os suplementos jamais substituem uma refeição.

Suplementos podem ser consumidos sem orientação

Essas substâncias são vendidas sem a necessidade de receita médica, no entanto, é importante que o consumo seja orientado por um nutricionista porque existem vários tipos de suplementação de acordo com o interesse do atleta.

De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) há os hidroeletrolíticos (isotônicos); os energéticos (carboidratos); suplementos de proteína, complementos de creatina, entre outros. Cada um deles possui uma função e uma dosagem específicas para evitar prejuízos à saúde.

Quanto maior a ingestão, mais rápido o efeito

Ao iniciar o consumo de suplementos alimentares é importante ter em mente que o processo é lento e gradual. Achar que duplicar a dose recomendada vai acelerar os resultados pode fazer mal à saúde e gerar uma sobrecarga desnecessária de nutrientes no organismo.

Quem tem dieta balanceada e pratica exercícios não precisa de suplementos

Essa afirmação só é verdadeira se a pessoa não pratica atividade física ou o faz de forma moderada e se a dieta for elaborada por um médico especialista. Para quem faz um treino forte, no entanto, mesmo mantendo uma alimentação rica em vitaminas, sais minerais, proteínas etc., dificilmente irá ingerir a quantidade ideal de nutrientes, o que torna o uso de suplementos fundamental para o equilíbrio corporal.

Suplementos deixam de fazer efeito depois de um tempo

Isso não é verdade. O que deixa de fazer efeito é o tipo de treino que a pessoa realiza porque o corpo acaba se acostumando a um determinado tipo de exercício e estabiliza a perda de gordura. O ideal é que a rotina de treinos seja alterada de tempos em tempos e, em função disso, pode ser necessário um ajuste na dosagem da suplementação, por isso, é tão importante o acompanhamento de um profissional especializado.

Suplementos dão massa muscular mesmo sem treino

A ideia é sedutora, mas não há milagres quando o assunto é ter um corpo esguio e saudável. A regra é clara: é preciso gastar mais caloria do que consome, caso contrário, o ganho de peso é certo.

Os suplementos ajudam a “turbinar” os treinos e a alimentação balanceada, mas não têm nenhum efeito positivo se consumido sozinho. Aceite: no pain, no gain (sem dor, sem ganhos).

Suplementos causam efeitos colaterais

A maioria dos elementos presentes nos suplementos alimentares está presente no nosso corpo ou nos alimentos que consumimos no nosso dia a dia, portanto, em uma pessoa saudável e sem restrições alimentares, não há efeitos colaterais comprovados. Na dúvida, consulte seu médico antes de começar a ingestão.

Você toma ou já tomou suplementos? Tem alguma dúvida? Compartilhe sua experiência com a gente!