Alimentação saudável: 5 alimentos que você deveria parar de comer

Quando falamos em alimentação saudável, o foco geralmente se concentra em alimentos nutritivos, naturais e orgânicos, que devem constituir a base das refeições diárias de todas as pessoas: frutas, legumes, hortaliças, cereais integrais, laticínios magros, peixe, carne branca. Mas igualmente importante para manter uma alimentação saudável é saber reconhecer os alimentos que podem prejudicar a saúde e que devem ser evitados no dia a dia. E para te contar sobre alguns alimentos que devem passar longe do seu prato — ou do seu copo —, listamos no post de hoje 5 itens para você ficar bem esperto quanto ao seu consumo. Acompanhe!

Refrigerante

Uma lata de refrigerante tem, em média, 12 colheres de açúcar, além de corantes, conservantes e outras substâncias que podem enfraquecer os ossos, afetar os rins, aumentar a pressão sanguínea, eliminar minerais importantes para o organismo, aumentar o risco de doenças cardíacas, obesidade e cáries e atéacelerar o envelhecimento. O refrigerante diet, ao invés do açúcar, contem adoçantes artificiais que estão associados a diversas doenças, desde ansiedade e compulsão alimentar até enxaquecas, hiperatividade, insônia e problemas cardíacos. Substitua os refrigerantes por água, sempre. Sucos de frutas naturais e vitaminas com leite e frutas são boas opções, mas a preferência deve ser a água, na maioria das vezes.

Bacon

O bacon, juntamente com as carnes processadas — como salsicha, linguiça, salame e presunto —, foi recentemente classificado pela Agência Internacional pela Pesquisa em Câncer da OMS como “sabidamente carcinogênico“, associado principalmente a câncer de pâncreas e próstata. O bacon, bastante consumido nadieta paleo, também pode aumentar o risco de doenças cardíacas, diabetes e problemas no pulmão. Por tudo isso, seu consumo deve ser esporádico e em pequenas quantidades.

Salgadinhos de milho

Os salgadinhos a base de milho, apreciados especialmente por crianças em idade escolar, contêm grandes quantidades de corantes, sódio e substâncias químicas que podem causar alergias. O excesso de sódio e gordura saturada pode aumentar os riscos de hipertensão, doenças renais, obesidade e problemas cardíacos. A polêmica envolvendo o milho transgênico também é um fator importante a ser considerado na restrição do consumo desses salgadinhos. Para substituí-los, aposte em pipoca preparada na panela, com óleo vegetal fresco e pouco sal.

Batata frita

Quando submetida ao processo de fritura, a batata sofre uma modificação molecular que tem sido associada a doenças cardiovasculares e câncer. Além disso, a grande quantidade de gordura trans presente nesses alimentos aumenta os riscos de infarto, acidente vascular cerebral e até problemas de memória. Troque a batata frita por batatas chips ou cortadas em palitos feitas em casa e assadas no forno, controlando sempre a quantidade de sal.

Comida pronta congelada

As refeições processadas e congeladas podem ser práticas e de fácil consumo, mas costumam ser ricas em sódio, gordura, conservantes, corantes e açúcar, ingredientes que podem trazer diversas consequências à saúde, além de uma grande quantidade de calorias. Lasanhas, pizzas, lanches e até pratos mais elaborados, como massas, risotos, sopas e carnes podem aumentar o risco de doenças cardiovasculares, hipertensão,diabetes e obesidade. Substitua as comidas prontas congeladas por pratos feitos em casa, que também podem ser congelados no freezer por até seis meses, mas com o benefício de não possuir nenhum tipo de conservante.

É possível substituir esses alimentos por outros mais nutritivos e naturais que fazem parte de uma alimentação saudável que garante mais disposição, menor risco de doenças e mais bem-estar para todos. Você consome esses alimentos no dia a dia? Consegue fazer trocas inteligentes e consumir apenas alimentos saudáveis? Conte pra gente nos comentários!