Afinal, qual a importância do alongamento?

Se você tem o costume de fazer suas atividades físicas sem considerar a importância do alongamento, então é preciso repensar suas prioridades.

Alongar é fundamental, tanto a fim de preparar o corpo para os exercícios quanto para ajudá-lo a se recuperar após um treino intenso. Apesar disso, é muito comum ver pessoas ignorando essa prática, o que faz com que elas corram sérios riscos.

Saiba mais e obtenha dicas para alongar sua musculatura e garantir melhor desempenho em suas atividades.

O que é o alongamento

O alongamento é um exercício voltado para melhorar a flexibilidade dos músculos, promovendo o estiramento de parte das fibras. Quando isso acontece, você consegue aumentar a amplitude de seus movimentos, o que tende a melhorar sua performance.

Com os movimentos sendo mais facilmente executados, é possível evitar problemas nas articulações, diminuir as dores e aumentar a disposição para a prática da atividade física.

Importância do alongamento para a postura

É comum a musculatura se contrair no dia a dia, seja devido à postura incorreta ou às atividades de rotina. Assim, pode ocorrer um estresse muscular. Assim, o alongamento serve para relaxar a musculatura e aliviar esse estresse.

Por isso, o alongamento é recomendável para qualquer pessoa, principalmente se realizado pela manhã, momento em que o corpo retorna das horas de repouso e começa a se preparar para o início de suas atividades. Da mesma forma, fazer alongamentos durante e depois do trabalho também ajudam a deixar o corpo menos tenso.

Benefícios para a atividade física

Quando você alonga seu corpo antes de se exercitar, diminui o risco de lesões; quando o faz depois do treino, ajuda a relaxar sua musculatura. Isso é importante, pois permite uma melhor recuperação do corpo nas horas seguintes, reduzindo os riscos de você ter incômodos como dores e cãibras.

Nossos músculos precisam estar preparados para a exigência de uma atividade física intensa. É como se eles fossem elásticos que precisam ser esticados e comprimidos para que não arrebentem.

Sendo assim, reservar entre 5 e 15 minutos antes de cada treino para alongar os músculos do corpo, principalmente aqueles que serão trabalhados ao longo da atividade, garantem essa preparação. Da mesma forma, terminar o treino com uma série de exercícios para relaxar a musculatura ajuda você a voltar para a casa e descansar sem dores.

Principais tipos de alongamento

Dependendo do objetivo de seu treino, você pode escolher entre diferentes opções de alongamento. Citamos aqui três delas para que você possa aplicar em função da atividade física que pratica:

  • Estático: quando você estende a parte do corpo que pretende trabalhar e mantém o resto em repouso. Para cada posição, o ideal é ficar cerca de 30 segundos parado;
  • Dinâmico: quando você faz os chamados movimentos de vai e vem, para trabalhar com diferentes estruturas, estimulando sua musculatura a se soltar e diminuir a tensão;
  • Passivo: quando você conta com o auxílio de outra pessoa para controlar a força aplicada.

Gostou do texto sobre a importância do alongamento? Então não deixe de curtir nossa página no Facebook para conferir mais conteúdo!