8 alimentos que ajudam na redução do colesterol

Muitas das doenças crônicas não transmissíveis, adquiridas por nós humanos, são causadas por excessos na alimentação. A nossa sorte é que a alimentação também pode ser a responsável por trazer a solução para estes mesmos problemas de saúde. A diabetes, a obesidade e a síndrome metabólica podem ser curadas apenas com alterações nos nossos hábitos alimentares. O mesmo funciona para o controle dos níveis de colesterol do nosso sangue. Vários alimentos conseguem agir, diretamente, no aumento da produção do colesterol bom, ou na redução do colesterol ruim, graças a características nutricionais, ou presença de nutrientes, que participam do metabolismo destas gorduras. Você quer saber quais alimentos podem ajudar na redução do colesterol?

Peixes

Todos os peixes têm uma interessante composição lipídica, que é benéfica para a saúde humana. O motivo disto é a presença de um ácido graxo chamado ômega 3, que atua diretamente na redução dos níveis de colesterol total no sangue. Apesar de ser encontrado em todos os tipos de peixe, são as espécies de água doce e fria, como o salmão e o atum, que são as fontes mais ricas deste nutriente.

Aveia

O consumo de fibras alimentares é benéfico para a saúde humana por vários motivos, como melhorar o funcionamento do sistema intestinal e aumentar os períodos de saciedade pós-prandial. Outra função importante das fibras é o controle dos níveis de colesterol no sangue, por reduzir a velocidade de absorção das gorduras pelo organismo. A aveia é um dos alimentos mais procurados para produzir este efeito benéfico, já que tem proporção satisfatória dos dois tipos de fibras (solúveis e insolúveis) em sua composição.

Oleaginosas

As oleaginosas, como as nozes, as castanhas do pará e caju e as amêndoas, são fontes ricas em ácidos graxos essenciais para a nossa saúde. Porém, para controle do colesterol, uma de suas características mais importantes é o fornecimento de vitamina E, que funciona como um antioxidante natural, reduzindo os níveis de colesterol no sangue.

Vinho tinto

Quem nunca ouviu que uma taça, de 150ml, de vinho tinto por dia pode fazer bem ao coração? Esta afirmativa é verdadeira devido à capacidade desta bebida em aumentar, consideravelmente, a produção de colesterol bom (o HDL), que atua na redução dos níveis do colesterol ruim (o LDL) no sangue.

Azeite

Da mesma maneira que ingerir uma taça moderada de vinho por dia pode fazer bem ao seu nível de colesterol, adicionar azeite a sua rotina alimentar também é benéfico para a sua saúde. A presença de ácido oleico, que é um ácido graxo encontrado no azeite, permite o aumento dos níveis de colesterol bom no sangue, ajudando no controle do LDL e do colesterol total.

Frutas cítricas

Consumir boas concentrações de antioxidantes naturais também é uma maneira de controlar seus níveis de colesterol sanguíneo. As frutas cítricas são ricas em vitamina C, antioxidante que age na redução do colesterol circulante nas suas artérias, reduzindo o risco de problemas cardíacos.

Tomate

Outro alimento que apresenta um importante antioxidante natural em sua composição é o tomate. O licopeno, além de ter função preventiva no desenvolvimento do câncer de próstata, age também como um redutor dos níveis de colesterol LDL no sangue.

Linhaça

A linhaça é um alimento essencial para o controle dos níveis de colesterol no sangue. Isto acontece porque ela é rica em dois nutrientes que tem ação protetora no nosso organismo: o ômega 3 e as fibras alimentares, que reduzem consideravelmente os níveis de colesterol sérico total.

O consumo destes alimentos pode ser o remédio que está precisando para melhorar seu perfil lipídico, porém não se esqueça que, para obter os resultados desejados, você precisa associar estes produtos a uma dieta balanceada e prática de exercícios físicos frequentes. Você faz uso de algum destes alimentos, regularmente, para controle do seu colesterol? Conte para nós nos comentários abaixo!