5 dicas de recuperação pós-treino

Qualquer tipo de atleta, seja ele de alto nível de competitividade ou amador, precisa pensar não somente na atividade física em si. Muito além disso, é fundamental também ter o cuidado necessário com seu corpo, de modo que a recuperação no período pós-treino auxilie a sequência das atividades, evitando lesões e permitindo o máximo rendimento possível.

Confira a seguir algumas dicas consideradas essenciais para atletas no momento pós-treino.

1. Descanso

Dormir ao menos oito horas por dia é importante, pois é nesse período que nosso organismo reduz ao mínimo o gasto de energia. Com isso, ele trabalha voltado completamente à recuperação. Assim, o descanso permite não apenas o relaxamento, mas também uma reposição energética que será fundamental para que no dia seguinte você esteja em condições para treinar novamente.

2. Alimentação

Tanto para uma boa preparação visando melhor rendimento no treino quanto para restaurar a musculatura após um treino puxado, é fundamental alimentar-se bem. Nesse caso, a dica é ingerir proteínas e carboidratos.

Alimentos ricos em proteínas são excelentes para a restauração das fibras musculares. Já os carboidratos recuperam o gasto energético desperdiçado nos treinos.

3. Suplementação

Reforçamos a dica das proteínas e carboidratos. Eles são a chave para a boa recuperação física, ao lado do bom descanso. Entretanto, sabemos que não é assim tão fácil obter essa recuperação por meio apenas da alimentação.

Sendo assim, uma boa dica é recorrer à suplementação. Os complementos alimentares, como Whey Protein e a Maltodextrina, permitem uma solução mais rápida e eficiente para que você obtenha os recursos de que precisa.

4. Exercícios mais leves

Quando você sente que seu corpo vai doer mais do que o suportável após um treinamento intenso, nada melhor do que se prevenir praticando uma atividade física de baixa intensidade. Uma rápida corrida, por exemplo, mesmo que seja na esteira, pode ser o suficiente para preparar seu corpo para uma melhor recuperação.

Isso tem explicação científica: atividades mais leves realizadas após um treino mais pesado, são boas para dissipar e neutralizar o ácido láctico. As dores musculares são consequência da produção excessiva de ácido lático.

5. Hidratação

Ingerir líquidos é fundamental para que seu corpo evite a desidratação, principalmente após uma jornada exaustiva de exercícios físicos. Como no treino o corpo perde muita água, é importante repor essa perda o quanto antes, se possível imediatamente após a realização de cada exercício.

Da mesma forma, o consumo de água ajuda a eliminar toxinas do corpo, algo importante para manter seu organismo em condições saudáveis, não somente para o treino, mas também para o seu dia a dia.

Recuperação pós-treino: capriche!

Para que seu corpo ofereça o rendimento ideal diante de uma rotina intensa de treinamentos, é preciso dar a ele condições necessárias para tanto. Pensando assim, a recuperação pós-treino surge como elemento fundamental dentro do processo que vai levar você à boa forma.

Jamais deixe de descansar adequadamente e se alimente com a quantidade necessária de proteínas e carboidratos. A ingestão de boa quantidade de água e a prática de exercícios leves para preparar a musculatura para o descanso também são recomendadas.

Gostou do texto? Deixe aqui a sua opinião.